segunda-feira, 7 de junho de 2010

Cientistas descobrem indícios de vida em lua de Saturno

Os cientistas encontraram evidências de que há vida na maior lua de Saturno, Titã.

Eles descobriram indícios de que alienígenas primitivos estão respirando na atmosfera da Titã.

A sonda Cassini da NASA analisou a química complexa na superfície de Titã – a única lua conhecida por ter uma atmosfera densa. Sua superfície é coberta por montanhas, lagos e rios, o que levou os astrônomos a dizer que é o que se tem de mais parecido com a Terra no sistema solar.


Produtos químicos orgânicos já haviam sido detectados no planeta de 3.200 quilômetros de largura. Mas o líquido em Titã não é água, mas o metano, os cientistas especulam que a vida existente tem origem a partir do metano.

O primeiro artigo, na revista Icarus, mostra que o gás hidrogênio flui para baixo através da atmosfera de Titã desaparecendo na superfície, sugerindo que poderiam estar sendo inspirada por insetos alienígenas.


O segundo artigo, no Journal of Geophysical Research, relata que há falta de um determinado produto químico na superfície, o que leva os cientistas a acreditarem que pode estar sendo consumido pela vida.


Veja mais detalhes no Mail Online


2 comentários:

Music Forever Memories disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Music Forever Memories disse...

eu gostei muito, dou muito interessado por planetas, satélites naturais entre outros, gostei muito do seu blog.