quinta-feira, 12 de novembro de 2009

CONSERTE O HOMEM E O MUNDO SE TORNA UM PARAÍSO

Image google

Um cientista vivia preocupado com os problemas do mundo e estava resolvido a encontrar meios de melhorá-los. Passava dias em seu laboratório, em busca de suas dúvidas. Certo dia, seu filho de sete anos invadiu o seu santuário decidido a ajudá-lo a trabalhar. O cientista, nervoso pela interrupção, tentou que o filho fosse brincar em outro lugar. Vendo que seria impossível removê-lo, o pai procurou algo que pudesse ser oferecido ao filho, com o objetivo de distrair sua atenção. De repente, deparou-se com o mapa do mundo, o que procurava! Com o auxílio de uma tesoura, recortou o mapa em vários pedaços, e, junto com um rolo de fita adesiva, entregou ao filho dizendo:

- Você gosta de quebra cabeças ?... Então vou lhe dar o mundo para consertar. Aqui está o mundo todo quebrado. Veja se consegue consertá-lo bem direitinho! Faça tudo sozinho! Calculou que a criança levaria dias para recompor o mapa.

Passadas algumas horas, ouviu a voz do filho que o chamava calmamente: - Pai, pai,... já fiz tudo!... Consegui terminar tudinho! A princípio, o pai não deu crédito às palavras do filho. Seria impossível, na sua idade, recompor um mapa que jamais havia visto. Relutante, o cientista levantou os olhos de suas anotações, certo de que veria um trabalho digno de uma criança. Para sua surpresa, o mapa estava completo. Todos os pedaços haviam sido colocados nos devidos lugares.

- Você não sabia como era o mundo, meu filho. Como conseguiu?

- Pai, eu não sabia como era o mundo, mas, quando você tirou o papel da revista para recortar, eu vi que do outro lado havia a figura de um homem. Quando você me deu o mundo para consertar, eu tentei, mas não consegui. Foi aí que me lembrei do homem, virei os recortes e comecei a consertar o homem, que eu sabia como era. Quando consegui consertar o homem, virei a folha, e vi que havia consertado o mundo.

Como pode o homem elevar-se ou descer somente por si mesmo? Verdadeiramente nenhum ser pode agir sem influenciar o que o cerca. Não somente com cada ação sua, ele agita as diferentes camadas da atmosfera, mas, literalmente, arrasta consigo os que lhe estão próximos.

Tanto mais que o homem deve conscientizar sua responsabilidade diante do universo. Um homem elevou-se em pensamento e, com isto, prestou uma grande ajuda a alguém. Um homem caiu em espírito e, com isto, possivelmente matou alguém. Além dos pensamentos conscientes, ocorre uma constante cooperação inconsciente, abrangendo amplos círculos de acordo com a lei do carma e da aura. Não é fácil decidir quando alguém é um assassino ou um benfeitor. Somente os iluminados podem revelar o trabalho justo e livrar-nos do caos do nosso pensamento; mas, para isto, é necessário dedicar-se de maneira abnegada... Porém, não são muitos os que gostam dos perigos da abnegação; por isso o que foi dito agora é compreensível apenas para poucos.

Mas é possível citar muitos exemplos tais como de alguém que enlouqueceu na Ásia e foi causa da destruição de um homem na Europa, e de alguém que elevou seu espírito na América e curou alguém no Egito. Por isso, a florescência de benéficos pensamentos é uma flor ardente do espírito.

Obs: Já foi provado cientificamente que TUDO está interligado. Todas as pessoas, plantas, objetos são energias condensadas, energias que se interagem a todo o momento. O que acontece com uma pequena partícula, repercute em tudo.

Recebi por E-mail.

Um comentário:

joselito bortolotto disse...

O paralelo é interessante ... o problema é que consertar um homem só até que não dificil, quero ver consertar todos ....